Para filiar-se ao SINTESPAR, baixe e preencha a ficha de filiação e envie para nosso email junto com os documentos solicitados na ficha.

_____________________


TAXA ASSOCIATIVA

A taxa, a qual consta em nossa Convenção Coletiva de Trabalho está assinada com a FIEP - Federação das Industrias do Estado do Parana e com dezenas de Sindicatos Patronais e devidamente homologada no Ministério do Trabalho. O desconto e/ou pagamento poderá ser mensal ou trimestral, seguindo as porcentagens aprovadas em Assembléia da Categoria. Mensalmente 1% do salário normativo da categoria (Piso Salarial R$ 1.934,43) sendo a mesma de apenas R$19,34 ou trimestralmente com o valor de R$58,03 e dá aos contribuintes o direito de associado, de voz, voto e ser votado.

Tabela de contribuição:
Mês do DescontoMês do Pagamento
AbrilATÉ 10 DE MAIO
JunhoATÉ 10 DE JULHO
AgostoATÉ 10 DE SETEMBRO
NovembroATÉ 10 DE DEZEMBRO


OUTROS SINDICATOS

01-Mensalidade de Associado (para ter direito de votar e ser votado)
02-Reversão salarial (no mês da data base)
03-contribuição sindical ( um dia de trabalho mês de março
04-Taxa Confederativa (X % definido em assembléia da categoria)

Por que ser filiado ao SINTESPAR?

O profissional é respeitado na proporção da sua competência e nível de organização da categoria a que pertence, através das suas entidades representativas. O que faz uma entidade sindical ser grande e atuante é a participação de sua classe, em nosso caso, o SINTESPAR. Quando assumi a presidência do nosso sindicato, em Julho de 1999, estabeleci uma meta de crescimento do quadro associativo, pois possuíamos na época uma cadastro de 394 Técnicos de Segurança do Trabalho. Hoje possuímos 1.560 endereços residenciais cadastrados, sem contar os de empresas. Isto foi fruto de muito trabalho. Ninguém possui, em nosso Estado, um cadastro como este. Entretanto, isso ainda não trouxe para nossa entidade resultados financeiros, pois poucos contribuem. Isto foi proposital, pois era preciso mostrar primeiro aos colegas que a nossa entidade existe e é importante para defender nossos interesses.

Agora está na hora de pedirmos a todos os colegas a sua participação e sua contribuição não só financeira, mas participativa, o sindicato Não é o nosso endereço em Curitiba, o Sindicato é cada Técnico defendendo a nossa profissão participando das atividades na sua cidade ou região, denunciando má condições de Trabalho, e empresas que não tem SESMT e deveriam ter conforme a Lei e 6.514 e portaria 3.214 na NR-4 e principalmente dos conselhos municipais de Saúde. Somente assim iremos conquistar espaços merecidos e ser o condutor de nossos destinos.

Hoje os Associados podem contar com:

1. Cursos de reciclagem profissional.

2. Palestras técnicas, debates e seminários sempre com temas atuais.

3. Desconto de até 50% em TODOS OS CURSOS ministrados pelo SINTESPAR.

4. Participação com desconto em todos os eventos promovidos pelo SINTESPAR.

5. Assistência jurídica (trabalhista, criminal e previdenciária).

6. Homologações.

7. Processos de fiscalização (solicitação e acompanhamento).

8. Defesa dos direitos individuais e coletivos da categoria.

9. Convenção Coletiva de Trabalho com piso salarial.

10. Bolsa de empregos.

11. Participação na reformulação das normas regulamentadoras.

12. Participação nas comissões tripartite representando os trabalhadores.

13. Participação em várias instituições Como: Fórum do Ministério Publico Federal, Estadual.

14. Conferências Municipal e estadual de Saúde, e na CIST.

15. Página na internet e auxilio imediato em caso de consulta Técnica

Estamos entabulando negociações com Ministério do Trabalho para Efetuarmos Registros profissionais dos novos colegas dentro em breve teremos novidades a respeito.

E a defesa intransigente que fazemos de nossa categoria perante as arbitrariedades e abusos do SISTEMA CONFEA CREA de querer arrecadar, sem nada dar em troca para nossos colegas aos quais temos efetuado denuncia ao Ministério Público do Trabalho, por suas atitudes ilegais.

Lembramos ainda que teremos importantes demandas para defesa da nossa categoria, como: Mudança da NR4, Legislação Trabalhista, Modelo Sindical, Previdência Social, Sistema de Formação, Regulamentação do Conselho de Classe, etc., estas lutas são de todos e ocuparemos os espaços no futuro na proporção da nossa capacidade de adesão e de organização e mobilização.